Pesquisar

Análise | Sea of Stars

Sea of Stars

O clássico moderno que te transporta para uma época boa

Sea of Stars 20230908025554
Análise | Sea of Stars 13

Sea of Stars consegue te transportar para os anos em que você passava jogando no teu Nintendo por horas a fio clássicos, como Chrono Trigger, Dragon Quest, Final Fantasy e muitos outros.

A Sabotage Studio conseguiu trazer a mesma sensação dos clássicos dos anos 90 para mim e, com toda a certeza, para outros apaixonados por RPG de turno. Este indie consegue ser melhor do que muitos jogos da nova geração e consegue trazer o que de melhor de numa época “esquecida” pela indústria dos games e consegue brilhar em meio a gigantes.

Narrativa feita com o coração

The Archivist
Análise | Sea of Stars 14

Sea of Stars constrói a história de sua prequel, The Messenger, outro jogo indie da Sabotage Studio, inspirado nos elementos do gênero Metroidvania. Na trama, o jogador conhece um pouco da história dos Guerreiros do Solstício, onde são apresentados Valere e Zale, guerreiros que passam por um árduo treinamento de anos para controlarem o poder do Sol e da Lua. Zale representa o Sol, enquanto Valere representa a Lua. Logo de imediato, o jogador consegue perceber a ligação entre os personagens e tem a opção de controlar um dos protagonistas na história linear que está prestes a se desenrolar.

Sea of Stars 20230907233842
Análise | Sea of Stars 15

Assim como todo RPG que se preze, Sea of Stars conta uma narrativa de companheirismo entre o trio: Zale, Valere e Garl. Isso é essencial para a química e evolução de ambos os personagens, a fim de combater o mal que está por vir na batalha entre os Solstice Warriors e The Fleshmancer, um vilão que quer dominar o mundo de qualquer maneira. Enquanto isso, nas sombras, quatro elementos encapuzados assistem dos bastidores o caos no mundo de Sea of Stars e entram em ação. A narrativa em si é bem sólida e traz momentos marcantes para os jogadores, emocionando e surpreendendo a todos.

Jogabilidade

A jogabilidade de Sea of Stars não difere dos jogos retrô dos clássicos turnos de RPG, onde cada amigo ou inimigo age em seu turno. Entretanto, quando os inimigos lançam um ataque, aparece um contador que representa o número do turno em que será a vez de agir. Isso pode fazer o jogador se antecipar e traçar estratégias a seu favor, como curar com um item, recuperar mana e outras ações.

Sea of Stars 20230910021956
Análise | Sea of Stars 16

Além disso, quando o inimigo está prestes a lançar um ataque mais forte ou até uma cura em seus aliados, o jogador consegue ver o contador e o tipo de golpe (baseado em elementos) que pode usar para cancelar aquele movimento inimigo ou diminuir a força de seu ataque. Esse elemento traz mais estratégia aos combates de turno, fazendo o jogador pensar muitas vezes em seu melhor movimento.

Bem, o jogador tem à sua disposição ao longo da jogabilidade alguns poderes, que os nossos protagonistas podem usar com sua mana. São combos, que podem ser encontrados em puzzles e “adquiridos” em algumas batalhas. Os combos permitem causar um bom dano aos adversários ou proteger e curar os amigos. Acredito que o mais interessante é quando esses combos são combinados, algo que pode causar muito dano ou ajudar os companheiros.

Quanto aos companheiros, o jogador tem à sua disposição em batalha até 3 personagens. Caso tenha mais companheiros em sua jornada, pode trocá-los em meio à batalha ou quando se utiliza um combo, pode chamar automaticamente algum personagem para realizá-lo. Além disso, cada personagem tem seu papel no time: cura, defesa, ataque e magia. No entanto, todos os personagens brilham e conseguem contribuir para o time, sem deixar os outros personagens de lado.

Os personagens progridem por um sistema de nível, em que precisam acumular um certo XP para subir de nível e podem escolher entre vida, magia, ataque e defesa – algo básico, o fundamento de todo RPG clássico ou moderno.

Sea of Stars 20230914225538
Análise | Sea of Stars 17

Para os amantes de estratégia, o que não deve faltar em Sea of Stars é a habilidade de pensar e resolver os desafios à sua frente.

Um mundo cheio de detalhes

Sea of Stars me impressionou na questão dos detalhes. É um mapa semiaberto, que traz uma referência nitida a jogos estilo Donkey e Kong e entre outros, no entanto, com uma profundidade que, ao explorar cada uma das fases, cidades e lugares, me deixava com vontade de explorar mais.

Sea of Stars 20230908004448
Análise | Sea of Stars 18

A cada nova região descoberta, sempre havia muitos quebra-cabeças para resolver e novas atividades para realizar, como coletar ingredientes para comidas (verduras, frutas e tipos de carne), pescar e adquirir novas armas, armaduras e itens que melhorassem seus atributos.

Recipes Cooking Guide Sea of Stars 5
Análise | Sea of Stars 19

Além disso, em qualquer lugar do mapa, os personagens tinham acesso, embora nem sempre de imediato. Às vezes, era necessário completar outras missões para obter esse acesso.

Combates parecem ser os mesmos, mas não são

Ao enfrentar inimigos recorrentes, as batalhas pouco mudam de fato; No entanto, a cada chefe, as estratégias mudam, e dependendo da estratégia do jogador, o combate pode se tornar mais fácil ou mais difícil. Bem, alguns chefes causam um certo dano massivo aos personagens, que devem usar e abusar dos itens à sua disposição, se defender com combos de proteção e cura.

Sea of Stars 20230908221525
Análise | Sea of Stars 20

Além disso, sempre é bom guardar combos mais poderosos em momentos oportunos, como diminuir a força do ataque usando o elemento certo contra cada chefe, algo que os chefes utilizam frequentemente contra os personagens.

Sea of Stars 20230908003827
Análise | Sea of Stars 21

Os chefes são diferentes, no entanto, utilizam os mesmos artifícios, mas exigem um pouco mais de trabalho e estratégia para vencê-los. Mas nada que vá te fazer perder a cabeça e se estressar; apenas pensar já resolve.

Trilha sonora encaixa perfeitamente em cada momento

A trilha sonora consegue agregar mais ao RPG, sendo crucial em alguns momentos, trazendo sensações e momentos que se equiparam aos grandes clássicos de RPG, como Final Fantasy, Chrono Trigger e outros.

Sea of Stars 20230917122019
Análise | Sea of Stars 22

A música consegue transmitir a emoção, fazer chorar, alegrar, rir e se impactar com as surpresas que Sea of Stars é capaz de proporcionar, na medida certa.

Sea of Stars – Vale a pena?!

677357
Análise | Sea of Stars 23

Sea of Stars consegue ser uma das melhores surpresas do ano e traz consigo toda a glória de um passado com gráficos em pixel art mais bonitos que já joguei. A Sabotage Studio consegue mostrar um belíssimo trabalho e trazer um RPG clássico dos tempos do SNES, sendo uma viagem atemporal para os jogadores. Entretanto, por mais que Sea of Stars se inspire em grandes clássicos do passado, ainda consegue trilhar seu próprio caminho e se destacar em um ano repleto de jogos AAA.

sea of stars
Análise | Sea of Stars 24

Gostando de nossos conteúdos? Nos ajude compartilhando.

Gostando de nossos conteúdos? Nos ajude compartilhando.​

VEJA TAMBÉM

Comentários: